Luiz Souza

DevSecOps Specialist

Quando a Microsoft salvou minha “vida estranha”

20/06/2022 Tech 3 minutos para ler

Eis que hoje a Microsoft salvou literalmente minha “vida estranha”, ou para ser mais exato, os saves do meu jogo Life is Strange: True Colors! E depois da trabalheira, resolvi contar aqui no meu blog essa história e trazer uma dica superimportante para quem usa o OneDrive (e para quem não usa entender a diferença que isso fez na minha vida aqui) 😅

Vamos lá, do início: Eu estava jogando então este game chamado Life is Strange: True Colors, e semana passada eu consegui terminar ele todo (não que seja um jogo longo ou difícil). Como havia comprado a versão deluxe dele, após terminar ele abre um “novo jogo”, uma história paralela a qual resolvi iniciar, o Wavelength! Quando iniciei ele eu escolhi uma opção inicial errada e quando percebi isso, eu resolvi reiniciar o game para isso. Até aí tudo bem né? Recomeço, gravo por cima e tudo azul (ou seria multicolor? Entendedores entenderão), mas descobri que não é assim. Realmente ele reiniciou e comecei a jogar. Cansei de jogar, e pensei: Continuo depois, vai, e isso foi da semana passada para hoje.

Hoje fui dar uma jogadinha e para minha surpresa a tela título não trazia mais a opção de continuar o game! Tá, neste momento quem aqui estiver lendo e for fã de games, deve estar compreendendo que meio que meu coração parou: Teria eu perdido toda a minha campanha? Todas as decisões e sentimentos que esse game proporcionou esse tempo todo?!?? E agora? O que fazer? No mesmo momento eu pensei: Pera, esse game é salvo na nuvem da Steam, é só eu restaurar o save! Feito! Bom, foi o que eu pensei, pois depois de acessar meus saves na página da Steam, descobri que esse problema havia sincronizado com a nuvem deles! Aí não preciso dizer que a frustração me tomou, quis desinstalar o game e nunca mais querer jogar ele na vida!

Depois de uns minutos “na fossa” devido a isso, me ocorreu uma nova ideia: os saves que sincronizam na nuvem ficam fisicamente salvos no computador, e normalmente ficam na pasta “Meus Documentos\My Games\” e por um acaso eu sincronizo a pasta “Meus Documentos” com o OneDrive, que para quem não conhece / usa, é uma solução de sincronia dos arquivos do computador com a nuvem. Tá, mas como falei, sincroniza, então ele fez a mesma coisa que a Steam: salvou por cima os arquivos!

Sim, parece que andei até aqui para nada não? Pois não foi não, o OneDrive tem duas opções de recuperação de arquivos alterados ou deletados bem legais:

  • Versionamento do arquivo: ele faz um backup das versões anteriores dos arquivos, conforme são alterados
  • Lixeira: Sim, qualquer arquivo na nuvem do OneDrive deletado fica por um tempo em uma lixeira.

E graças a essas duas opções consegui não apenas achar o arquivo que havia sido substituído e gerado isso, mas voltar a uma versão onde apenas havia terminado a campanha principal e nunca iniciado a história adicional!

Entendem por que essa história mereceu um post? Não apenas para contar que recuperei um save, mas para lembrar a quem usa já esse tipo de backup das formas de restaurar um dado dele, mas principalmente para quem não faz backup das suas pastas, da importância de uma solução deste tipo! O que posso dizer é que a Microsoft ganhou vários pontinhos comigo depois desta! 😅